Estampa Tartan: O Famoso Xadrez

A estampa Tartan não é uma novidade e sim uma tradição, com grande representatividade histórica de ontem e dos dias atuais. Você pode até não estar ligando o nome a pessoa, mas com certeza, sabe exatamente o que é uma estampa Tartan. A sua característica principal  e inconfundível são as estampas em xadrez, sempre na combinação de duas cores.

Há tempos remotos fazem referência as estampas geométricas, em que se inclui o xadrez. As estampas nessas formas estão ligadas à história da humanidade desde muito cedo. Se queremos buscar a  origem das estampas em xadrez, por exemplo, temos que fazer uma longa viagem de volta ao passado. Uma das datas, segundo historiadores, poderia ser entre 700 a 50 a.C. , na chamada “Idade do Ferro”. Os sinais da existência do tecido Tartan foram identificados nos pântanos da Dinamarca e da Alemanha. Uma parte da Europa que na época era chamada de Europamais. E pode ter sido bem ali que as estampas em xadrez tenham começado a fazer parte do vestuário das pessoas.

De uma forma geral, porém, as estampas geométricas sempre foram associadas a um determinado povo, e ainda são, estamos falando dos escoceses. Porém, os historiadores afirmam, que apesar de parecer que “pertençam” ao povo inglês, elas já aparecem na vida dos antigos Celtas. Essa é uma das constatações do escritor e historiador têxtil E. J. W. Barber.

Um Pouco da História dos Tecidos

Não foi tão “difícil” identificar como eram os tecidos  usados pelos povos antigos. E como tanta coisa que foi descoberta, graças as pesquisas arqueológicas foi possível fazer determinadas identificações. E a descoberta do tecido xadrez aconteceu bem quando sacrifícios humanos foram escavados. Foi quando ficou claro que o uso do tecido xadres já fazia parte do “guarda-roupas” das populações que viveram aquela época. O que foi encontrado, eram pessoas com peças em xadrez feitas com fios de lã. Além disso, outro detalhe, é que a estampa era feita em forma de losango na medida 2×2 cruzado.

A lã, que é naturalmente branca, segundo as pesquisas,  eram pigmentadas com determinados vegetais para chegar em tonalidades diferentes. Na Alemanha, em Thorsberg, foi encontrado um manto com padronagem xadrez misturando 3 tonalidades de azul. Enqunto na Dinamarca, foi encontrado um conjunto de saia e blusa na estampa xadrez misturando vermelho com azul e com um barrado em branco e vermelho. A jovem que vestia essa roupa era de um lugar chamado Lonne Hede.

Estampas Tartan: Símbolos dos Clãs Escoceses

Como foi dito lá no início a estampa Tartan atualmente e em uma boa parte da história dos povos antigos esteve e está  ligada à Escócia. Mas, como vimos, não é essa a sua raiz apesar da forte ligação.

Na verdade, foi somente no século XVIII, que os escoceses começaram a usar a estampa Tartan, que passou a ser símbolo dos clãs daquele país.

Nessa época, não era possível ter uma grande variedade de combinações de tonalidades de cores, já que a tecnologia ainda não tinha se desenvolvido tanto como nos dias atuais. Por isso, não se chegava a ter uma cor homogênea quando se tingia os fios, o que se tornava  um grande desafio para criar as padronagens Tartan.

E antes de continuar, vamos dar a definição de Tartan, que originalmentesignifica” tecido de lã leve”.

Conheça a História dos Clãs Escoceses

A história da Escócia está cheia de episódios de guerras e conflitos e isso tem a ver com a padronagem xadrez sim. A grande parte dos problemas daquele povo estava ligada à autonomia das terras.

Falando do Tartan, foi ainda no século XII que se observou que determinado grupo de escoceses tinham preferência por uma mesmo determinado padrão de tecido. Essa padronagem, o Tartan, estava diretamente ligada ao dono daquelas determinadas terras. Ele era chamado de Chief ou Lord e era o responsável por aquele determinado clã.

Esse senhor contava com a fidelidade dos homens que também faziam parte do clã, em muitos casos, todos faziam parte da mesma família. E era muito comum que eles trocassem o serviço militar para ter também um pedaço de terra.

Os clãs persistiram e foram fortes por muitos anos, mas perderam a força depois da batalha de Culloden e desse período e durante 100 anos, o Kilt (a saia com padrão Tartan) foi proibida, fazendo com que os clãs quase desaparecessem. Foi então, que os donos de terra passaram a cobrar taxas das pessoas que viviam nos clãs, criando um clima ainda mais tenso entre os ingleses. Alguns perderam a terra e deixaram a Escócia rumo ao Canadá, a América e a Austrália.

Os donos das terras se viram numa situação tão difícil que passaram a cobrar uma taxa dos arrendatários. O clima ficou ainda pior quando fazendeiros ingleses compraram as terras para criação de gado. No ano denominado o “ano do carneiro” (1792), milhares de arrendatários foram expulsos de suas terras. Muitos deles foram para a Austrália, América e Canadá.

A Volta da Permissão do Uso do Kilt

Depois de 100 anos de proibição, o uso do kilt foi permitido novamente e com a ajuda de um importante personagem da literatura escocesa, Walter Scott. Ele escreveu um livro onde recriava toda aquela atmosfera heroica e romântica vivida na época dos clãs, o que fez com que as pessoas tivessem vontade de revivê-la.

Ainda segundo os historiadores, o importante escritor ainda teve grande influencia sobre a volta da kilt quando levou a passeio em Edimburgo, o Rei Jorge IV. Ele queria influenciar para que a kilt voltasse a ser um traje nacional e que os clãs pudessem retornar.

Veja o Nome de Alguns Clãs que Estão Espalhados Pelo Mundo!

  • Mac Donalds: esse era o clã com título de Lorde das Ilhas, os com maior poder.
  • Campbells: tornaram-se famosos depois de participar da batalha em 1746 contra os jacobitas. Era um dos clãs mais temidos na Escócia.
  • Mac Leouds: clã com origem nórdica, cujo chefe vivia em Dunvegan Castle.
  • Stuarts: tem o Tartan mais conhecido e que maisagrada na Escócia e no resto do mundo, esse clã fez parte da dinastia real.
  • Andersons: é difundido tanto nas  terras baixas e quanto nas terras altas da Escócia e exerceu muito poder no período medieval.

 E prepare-se, que a estampa Tartan é uma tendência fortíssima para o próximo inverno. Invista em pelo menos uma peça.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Tendências

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *