Como Inovar Ao Vestir Branco

Em alguns empregos as instituições pregam o uso de uniforme. Há as instituições de trabalho que não pregam o uso do uniforme mas prezam que seus funcionários se vistam de forma decente. Há também as empresas que permitem que seus funcionários se vistam de uma forma mais informal. Mas aqui iremos tratar especificamente das empresas e dos empregos que exigem um uniforme.

Uniforme No Emprego

Alguns escritórios não exigem que seus funcionários usem uniforme, às vezes não pedem nem uma roupa padrão, deixando-os livres para a escolha da roupa de trabalho. Mas há aqueles empregos que dão o uniforme, como os empregos em supermercados e em alguns escritórios (de advocacia, por exemplo) e há aqueles empregos que por serem de determinada área exigem uma determinada forma de se vestir, como por exemplo os enfermeiros e os médicos.

Confira As Dicas

Confira As Dicas

Uniformes de Hospitais

O branco não é a cor universal nos hospitais, mas é a mais usual. Você pode encontrar em alguns hospitais enfermeiros com roupas brancas, verde claro, azul claro e até mesmo rosa claro. Os médicos e enfermeiros que usam jaleco também podem variar um pouco do branco, mas sempre nas mesmas cores já citadas: verde, azul ou rosa claro. Não é muito comum, mas não é raridade.

O uso da cor branca nas vestimentas de hospitais tem toda uma explicação. Por se tratar de um local onde as pessoas vão debilitadas a fim de se recuperarem, é importante que esteja sempre e impecavelmente limpo. Isso inclui equipamentos, o ambiente e as roupas de quem trabalha lá (é um pouco complicado controlar as roupas de visitantes).

Para controlar a limpeza da roupa dos funcionários foi instaurado como padrão a cor do uniforme branco, assim, caso a roupa fique suja, se torna mais fácil de ver a sujeira. Por essa razão também as paredes dos hospitais são sempre claras (para facilitar a visualização da sujeira).

Variando As Cores

O ramo da enfermagem tem em sua maioria como profissionais pessoas do sexo feminino. As mulheres, cansadas do sempre jaleco branco quiseram inovar. Como a função do uso do branco era de visualizar a sujeira mais facilmente, foi aprovado o uso de cores claras para a variação de uniforme. Por isso que, mesmo sendo uma cor diferente do branco as cores devem ser claras (verde, rosa ou azul claro).

Mesmo conseguindo mudar essa padronização do uniforme algumas pessoas não se sentiram confortáveis com as mudanças. Querendo ou não, a função do uniforme é igualar todos e muitas pessoas não se sentem bem estando iguais às outras. Para isso, cada um desenvolveu um jeitinho de mudar o uniforme.

Mudando o Uniforme Branco

O que as mulheres mais reclamavam é que o uniforme (principalmente de hospital) deixava-as iguais, sem graça, sem sensualidade. Mesmo com a mudança da cor padrão do jaleco elas não ficaram 100% satisfeita. Para atingir um nível bom de satisfação elas foram fazendo alguns truques para garantir a personalidade delas no uniforme e um pouco de variação.

Blusa Com Detalhe de Renda

Uma coisa simples mas que muda completamente a cara do visual é a aplicação da renda em blusas. Toda enfermeira deve usar uma calça, uma blusa e um sapato fechado branco, além do jaleco. Para criar uma certa diferenciação, as meninas escolhem usar a blusa de dentro diferente.

Em feiras ou até mesmo em lojas de marca são vendidas umas blusinhas básicas, regata, com a aplicação de renda no decote e nas alcinhas. A blusa (muitas vezes chegando a custar cerca de 15 reais) é linda e já muda totalmente a cara do uniforme.

Variando Modelagens

Outra forma de variar na hora de ir trabalhar com um uniforme tão simples é escolher uma blusa com modelagem diferente. Vale lembrar que estamos citando como exemplo os hospitais.

Em hospitais não se usa qualquer tipo de roupa. Uma enfermeira usar uma blusa muito folgada pode atrapalhar nos movimentos que devem ser rápidos e precisos. Uma blusa muito frouxa também pode acabar facilitando de mostrar a barriga ou o busto. O ideal é usar uma blusa mais justa ao corpo (sem ser muito colada), sem ser muito curta, mas também sem parecer um vestido.

Existem batinhas de malha (que também são vendidas em feirinhas, e que também não custam muito [chegam a custar no máximo 30 reais]) que são muito confortáveis. Geralmente essas batinhas não são nem folgadas demais nem justas demais, tem mangas, um decote discreto (geralmente em ‘U’) e cobrem o cós da calça. São perfeitas para tal ambiente de trabalho. Essa mesma blusa pode ainda ter a aplicação de renda (já comentada) ou de bordado. É uma diferença que faz todo efeito na finalização do look.

Branco Em Alta

Branco Em Alta

Uma modelagem que não é muito usada em hospital mas que você pode adotar: o decote em ‘V’. Não é muito usado porque esse decote dá uma visibilidade maior ao busto que o decote em ‘U’, por exemplo.

Mas, para não parecer vulgar e nem deixar de usar uma roupa diferenciada, você pode usar por baixo uma blusa regata ou até mesmo um top de cor (rosa, azul, até mesmo preto). A cor da parte de dentro irá contrastar com a blusa branca, ficando um charme sem ser vulgar. Já imaginou combinar a cor do topo (ou da blusa) com a cor do jaleco?

Calça Branca

Outra reclamação constante das enfermeiras é o uso daquelas calças que mais parecem um saco, tirando todas as formas do corpo feminino e até a possível sensualidade. Alguns hospitais já abriram mão dessa calça e deixam que a pessoa use sua própria calça. Sugerimos uma calça jeans, até mesmo skinny. Aqui vale a mesma lei do “nem frouxo nem colado”. Mesmo sendo muito estilosa uma calça sarouel não é ideal para se trabalhar em um hospital, não é?

Como pudemos perceber, algumas profissões já deixam subentendido que a pessoa irá usar uniforme. Para alguns uniforme é uma benção, para outros é um terror.

Para não deixar o uniforme tão igual as pessoas foram atrás de recursos para que o uniforme ficasse um pouco diferente. Não precisa ir muito longe na diferenciação de um uniforme. Se você mudar muita coisa passa a ser customização, e não mais uniforme. E mesmo no branco, podemos colorir algumas coisas não é?

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Tendências

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *