Os Tipos de Chapéus Para Cada Situação

Os chapéus eram muito usados antigamente e considerado uma peça de luxo, onde somente os senhores e as senhoras ricas faziam questão de usar para se distinguir dos demais. O tempo foi passando e o chapéu continuou sendo usado até os dias de hoje, onde não há mais distinção entre classes para usa-lo. É claro que com o tempo forma surgindo novos designs, modernizando o que antes era uma peça chave dentro do closet. Na moda atual, existem ocasiões para que cada tipo de chapéu seja usado, até mesmo dentro das regras de etiqueta impostas atualmente. Para não fazer feio, saina as mais variadas situações em que os diversos tipos de chapéus existentes podem ser usados.

Para o Inverno

Na coleção inverno deste ano, o que não faltou foram os chapéus nas passarelas. Os estilistas que revolveram a dotar uma simples moda como estilo de vida para a temporada explicam que o uso deles voltou porque as pessoas começaram a perder o medo de usar chapéu. Além disso, quem disse que ele não pode ser um grande aliado na hora de montar um look bem criativo? Foi por esses e outros motivos que os profissionais da moda resolveram incluir os chapéus em suas coleções de inverno.

De Olho Nos Chpéus

De Olho Nos Chpéus

Idade X Chapeú

Antes da moda do chapéu ser relançada, muitos críticos diziam que o uso do chapéu estava atrelado a idade e que somente os mais velhos poderiam ser beneficiados por esta moda, até porque o chapéu dá um ar mais maduro à pessoa. Porém, não foi assim que os maiores estilistas de todos os tempos viram a oportunidade de voltar com a mania do chapéu. Atualmente  ele é uma peça bastante jovial e que contribui para um look ainda mais moderno.

Neste caso, a idade não tem mais nada a ver com o uso adequado da peça e sim a situação e a roupa que se está vestindo, incluindo a personalidade de cada pessoa ao vestir um chapéu, se sentindo a vontade ou não. Pense no ambiente em que você vai frequentar sempre que quiser usar a peça. Afinal, a moda é algo sutilmente democrático.

O Chapéu e As Situações

Para cada situação, um chapéu deverá ser escolhido. Mas é bom ficar de olho nas ocasiões, que não são poucas, para poder fazer o uso da peça da maneira que você bem entender. Na cabeça de alguns estilistas, o uso mais comum do chapéu hoje em dia é para situações mais esportivas e casuais. Nestes casos, os especialistas aconselham o uso do modelo  panamá, por exemplo. Combine-o com um short de pregas, camiseta básica e sandália sem salto que com certeza o seu estilo está garantido.

Imagem de Amostra do You Tube

Na Pegada Rock’n'roll

Um outro modelo frequentemente usado é o panamá de feltro. Este tem uma pegada mais rock’n'roll e traz a tona novamente o estilo rocker de ser. Com camiseta bem detonadinha, casaco e jeans bem básico, o chapéu fará sucesso nas baladas e em um passeio mais cotidiano. Não esqueça que as peças de couro também combinam super bem com este estilo de chapéu.

Trabalhando na Elegância

Nos casamentos ao ar livre, o uso de chapéu também é bem vindo. O uso desta peça nesta ocasião deverá ser mais formal, trabalhando ainda mais o seu jeito elegante de ser. Invista em um terninho ou um vestido sem muito brilho e extravagancia para combinar a peça de um jeito delicado. Neste caso, o chapéu será a peça chave do seu look. Por isso, invista nas colorações que já estão na sua roupa, sem diferenciar muito os tons. Assim, você estará resgatando um estilo mais americanizado, usado há muito tempo em alguns países desenvolvidos da América e Europa.

O Famoso Fedora

Existem chapéus que antes eram muito utilizados no universo masculino. Aos poucos, este estilo foi sendo vendido para as mulheres que adoraram a ideia. Este é o caso do estilo fedora, um dos chapéus mais práticos para o dia a dia e para compor look mais casuais.

Tudo começou quando os rappers americanos ressuscitaram o fedora. Depois, ele começou a ser uma peça chave para adolescentes e adultos, ao mesmo tempo. Além de possuir um estilo único, ele pode ser usado por quem ter personalidade forte e quer criar um estilo mais vintage no look.

Super Em ALTA

Super Em ALTA

Estilo Cowboy

Foi este o estilo mais usado dos últimos tempos, até porque ele foi ganhando uma cara nova a medida em que saia do mundo dos rodeios para o universo da moda. Hoje em dia, o estilo cowboy é fabricado em palha, lona e até mesmo tecido, além de ser produzido de diversos tamanhos e design, sem fugi da sua essência. Esta peça também é considerada casual e pode ser usada para passeios mas simples, sem se restringir a locais abertos.

Do Canal do Panamá Até a Família Real

O modelo panamá só surgiu por causa dos operários do Canal do Panamá que trabalhavam de sol a sol e acabaram aderindo ao modelo para se proteger dos raios UV. Desde então, até o presidente norte-americano Roosevelt foi fotografado usando o modelo. É fácil perceber que a hierarquia de classes não existe mais quando o assunto é usar chapéu. O panamá pode ser usado com jeans e vestidos sem maiores problemas.

Os modelos mais largos e clássicos foram surgindo dentro da moda “família real” de ser. Quem reparou nos modelitos formais de Kate Midletton, sabe que os chapéus largos transmitem elegância e luxo ao mesmo tempo. Estes servem para casamentos em locais abertos e outras festividades mais formais, levando em consideração todo o ambiente ao redor.

Locais Fechados e Jantares

Em alguns casos como locais fechados e jantares, o chapéu não deve sair do armário. A principal função do chapéu já deixou de ser a proteção contra o sol, mas mesmo assim, seguindo regras de etiqueta, os chapéus nunca forma bem vindos em lugares onde o sol raramente bate. Se a vontade de usar passar dos limites, não esqueça de retirar o chapéu antes de adentrar o recinto por questões de educação.

Escrito por Jéssica Monteiro da Silva

Imagem de Amostra do You Tube

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>