Moda Francesa

Origem

Quando se fala em moda e alta costura a primeira idéia que vem a cabeça é a moda francesa e este ano com as comemorações do Ano da França no Brasil, nós brasileiros temos tido o privilégio de contar com inúmeros eventos relacionados com a cultura francesa e entre estes muitos desfiles com a moda francesa em destaque. Com término ainda ontem, tivemos a mostra 200 Anos de Moda Francesa, onde muitos foram os modelos, acessórios como leques, pentes e até mesmo móveis fizeram parte desta exposição que teve inicio no dia 21 de setembro.

Infantil

Infantil

O evento que resultou de uma parceria entre Arabesco Design e Praiamar Shopping trouxe entre muitas outras peças, réplicas de roupas de época como vestidos das rainhas Carlota Joaquina e Maria Antonieta. Esta foi uma mostra de Moda e Poder onde ainda se incluíam peças da Louise Weber, dançarina francesa, de Josephine de Beauharnais, esposa de Napoleão, de Maria Joana Lopes Araújo, Baronesa de Pinto e Lima além de muitas outras figuras importantes.

História

História

Informações

Também faziam parte do evento de painéis temáticos trazendo informações sobre a grande influencia da França no mundo fashion especialmente no que se refere à Moda dos Famosos, além da influencia que também se fez marcante nos costumes sociais e nas artes. A história de estilistas que foram importantes e que por isso marcaram época como Christian Dior, Paul Poiret, Balenciaga e Coco Chanel também não foram esquecidas e eram temas dos painéis. Uma viagem e tanto a antiga França, uma mostra para ser vista e admirada por todos que tem nesse mundo fashion seu modo de vida e mais ainda por aqueles que amam desfiles e mostras desse tipo. Afinal para a maioria das Mulheres Bonitas existem coisas que são irresistíveis como a visão de uma mostra de Moda e Acessórios.

Moda Francesa

Moda Francesa

Detalhes e regras

Embora o pensamento comum de que para ser alta-costura basta ser uma peça cara existe uma série de detalhes técnicos e critérios a serem seguidos na fabricação desta peça. Quando se trata de peças de luxo sempre se diz que Moda e Consumo andam associados, mas é preciso saber que em um bom ateliê todo o material usado é nobre, a mão de obra não pode ser apenas especializada tem de ser super capacitada onde o refino e bom gosto são essenciais. Alem disso dependendo do vestido este pode levar até 150 horas para ser concluído o que significa quase um mês de trabalho. Além destes detalhes os estilistas que trabalham com alta costura na moda francesa têm regras que devem ser seguidas que são: ter no mínimo 15 empregados, a cada estação tem de realizar desfiles com no mínimo 35 modelos, além de ter uma loja própria na região denominada triangulo da alta costura, em Paris.

Com certeza nomes como Christian Dior, Christian Lacroix são muito famosos no mundo fashion e são nomes bastante ouvidos no cenário da moda. São nada mais nada menos que estilistas franceses que fazem muito sucesso com roupas maravilhosas.

Falar de moda francesa é falar de grandes sucessos passados, mas que ainda continuam marcando a moda nos adias atuais. É impossível falar da moda francesa, Paris sem citar a moda de alta costura, tão glamurosa e elegante. Alguns estilistas franceses permanecem até hoje no cenário da moda e continuam fazendo sucesso absoluto nas passarelas, porém alguns já se aposentaram das passarelas e não encantam mais com seus modelos. Todo ano como acontece aqui no Brasil, são realizadas semanas de moda Francesa, na qual os estilistas desfilam suas criações, fazendo sucesso mundial.

A maioria dos estilistas franceses teve seu auge nas décadas passadas, vestindo celebridades e ditando moda. Atualmente alguns ainda se dedicam a essa carreira, conquistando as passarelas mundiais.

Um comentário

  1. adorei , pois meu trabalho com todo glamour

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>