Dicas Para Usar Botas de Todos os Modelos

Quando se aproxima o inverno é hora de renovar o guarda-roupa e um belo par de botas não pode faltar para completar as produções da estação fria do ano. E não precisa nem estar muito frio para colocar as botas e arrasar por aí, porque o acessório faz parte do inverno e não tem a ver o quanto ele é intenso ou não.  E claro, os modelos de botas são os mais variados possíveis, cores, detalhes, comprimento, enfim, o que não falta é tipo. Tem sempre um para cada pessoa. Uma das dicas principais para quem quer usar bota é em relação a altura do sapato e o que vai dizer o que é certo ou errado, neste caso, é o comprimento das pernas.

Veja as Dicas Para Usar Botas de Todos os Modelos que Valorizem as Suas Pernas!

1- A regra básica para quem quer usar bota, em primeiro lugar, é escolher os modelos certos para a própria altura. Esse tipo de sapato é muito ingrato e tem a facilidade de “encolher” as pernas, deixá-las mais grossas e criar efeitos nada bonitos aos olhos de quem vê. Então, para começar, as mulheres baixas devem evitar as botas longas e devem tomar cuidado com os modelos médios. O ideal é que elas usem as botas de cano baixo, ankle boots, por exemplo. Enquanto as mulheres muito altas ou com as pernas muito longas, podem usar qualquer comprimento de bota e “diminuir” a perna com truques na hora de montar a produção.

2- Sabendo do comprimento das botas é hora de partir para o modelo, que também deve ser pensado com cuidado para não errar e tudo terá a ver com a roupa escolhida. Vamos falar um pouco sobre as botas longas, que chegam até embaixo do joelho.

  • As mulheres com pernas finas demais devem procurar modelos mais estreitos, evitando que as pernas fiquem “sambando” dentro da bota. No caso da bota de cano alto esse efeito é evidente e feio.
  • As botas de cano longo podem e devem ser usadas com calças compridas, mas observe que as cores de calça e bota estejam em harmonia, não necessariamente iguais, dá até para jogar com o colorido. Em segundo lugar, a calça slim ou qualquer modelo que fique justíssima nas pernas é que são as ideais para usar com esse tipo de bota. É muito feio quando se vê as dobras de tecido sobre o joelho dentro da bota, o que acontece com a calça que não é justa.
  • A produção fica mais interessante e elegante quando você usa um par de botas com saia, quando você usa uma meia calça grossa também. Não é legal deixar parte da perna à mostra. O short curtinho com a bota é melhor evitar com aquela que chega até o joelho, os modelos cano curto e super longo, que chega até a coxa, são os indicados.
  • A produção para ser elegante exige uma bota de cano longo com salto alto e fino, as de salto mais grossos e baixo, são para looks despojados.
  • As botas ficam bem com roupas em tecidos leves, até porque a mistura de tecidos fica bem bacana, como um vestido em tecido fluido e leve volume com uma jaqueta de couro e um par de botas. E claro, são perfeitas para usar com roupas em tecidos mais pesados, como a lã, o couro, entre outros.

3- As botas de cano curto e não curtíssimo podem ser consideradas as mais complicadas de acertar. Se a ideia não é “diminuir” as pernas, a maneira de alongar a silhueta é usando uma meia calça grossa exatamente da cor da bota, criando um efeito “uma coisa só”. Depois a saia ou vestido podem ser perfeitamente de outra tonalidade. Veja outras dicas para não errar com botas de cano curtíssimo!

  • Esse tipo de bota é uma boa opção para quem quer usar short ou saia curta, mas, em ambos os casos, o modelo sendo de saltinho, sempre ajuda.
  • Num look mais despojado, ela pode ser colocada sem nenhuma meia aparente, serve para produções estilo rock, folk ou indie. As botinhas de modelo mais “pesado” com modelagem mais “grosseira”, detalhes em tachinhas, ou fivelas grandes, estão fazendo o maior sucesso.
  • Se a ideia for parecer mais baixa, aí sim, escolha a meia calça da cor da saia ou do vestido e coloque a bota de outra cor. O efeito será “diminuir” as suas longas pernas.

4- As botas de cano muito longo, são aquelas que chegam na coxa, são lindas e claro, muito mais caras e é preciso ter muita personalidade para usá-las. Para começar, não adianta comprar esse modelo e depois querer esconder embaixo da roupa. A saia curta em tecido leve ou o short curto são as peças ideias para fazer essa produção. Não dá para fazer a linha superelegante com esse modelo de bota. Mas, se aposta é em um look sensual e ousado, não tem como errar, uma bota longa preta de couro é o calçado perfeito.

5- As botas nem de cano muito alto e nem de cano muito curto. Sabe aquela bota que fica pouco abaixo do joelho, a melhor maneira de usá-la é não comprando. É aquela medida que dificilmente vai ficar bem com qualquer produção e vai sempre fazer um efeito “estranho” na sua silhueta. Então, antes de comprar uma bota, calce e veja qual o comprimento: baixo, até o joelho ou bem comprida.

Não esqueça que independente do modelo da bota que você escolher, do comprimento, dos detalhes, na hora de montar a produção com ela, o acessório precisa fazer parte do look que está sendo montado. Não adianta calçar um par de botas lindo e colocar a roupa completamente errada, social com despojado, por exemplo. O look deve ser pensando como um todo. Por isso, tenha cuidado ao sair comprando aquela botinha linda super diferente para depois não ter com que usá-la.

Agora é só escolher o seu modelo de botas e arrasar no próximo inverno!

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Sapatos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *