Biquínis Para Gordinhas

Um segmento que vem crescendo cada dia mais é o segmento plus size. Um público que vem cada dia mais aceitando seu corpo ao invés de adaptar-se à ditadura da moda e está se inserindo em ambientes que pessoas acham que não são para os gordinhos, como a praia, por exemplo. Vamos ver um pouquinho de como funciona a moda praia e como esse público, alvo de tanto preconceito, pode estar usando essa moda tão brasileira.

O Começo da Moda Praia

Por muitos anos a praia não era um local almejado como é agora. A praia, por muito tempo, era considerada o lugar de depósito de dejetos (esgoto). Depois que as cidades foram implantando o sistema de saneamento básico, as pessoas começaram a ir admirar a beleza da praia, principalmente ao nascer do sol e ao anoitecer. Os passeios às praias se tornaram rotina e point de jovens e famílias. No princípio, as pessoas iam à praia com roupa de passeio, afinal, ir à praia não o deixa de ser.

Com o tempo foram surgindo as competições de natação, remo, entre outras, que pediam uma roupa adaptada à pratica. Com essa necessidade foram surgindo os maiôs de prática esportiva. A população, ao ver as competições e as roupas de praia da época, logo desejou ter aquela roupa para poder também mergulhar e curtir as águas desse país.

Vale lembrar que o costume de ir à praia começou no início do século XX, quando a sociedade mundial passava por revoluções e guerras. A sociedade daquela época era muito fechada, com regras, costumes e valores. As mulheres deveriam se portar de tal forma que, dependendo da roupa que usassem, já não eram consideradas moças de família. Portanto, os biquines daquela época eram comportados, considerados de “vovó” quando comparados aos de hoje. Eles iam até a altura do joelho, com manguinhas, e fechados, impedindo que a pele ficasse à mostra como é hoje em dia. Com o passar do tempo (e com a conquista da independência feminina) as roupas de praia foram diminuindo e se diversificando como é hoje em dia o mercado da moda praia.

Moda Plus Size

A moda Plus Size (ou para gordinhas) não começou recentemente, mas vem quebrando muitos tabus. Por muito tempo, ser gorda era o padrão de beleza. A gordura significava que a pessoa tinha poder aquisitivo suficiente para comer bem. Com o avanço da medicina, e a moda cada vez mais em alta, o padrão de beleza acabou alterando para a mulher magra.

Com essa mudança, as mulheres mais cheinhas acabaram sendo um alvo de preconceito. As roupas passaram a ser idealizadas em um tamanho menor, onde qualquer pessoa que não preenchesse aqueles padrões era olhado meio estranho.

Mas, para a infelicidade dos ditadores da moda, até os gordinhos tem o direito (e dever, pela lei) de se vestirem. No começo, por não ser o público alvo direto, as pessoas que estavam acima do peso sofriam para encontrar uma peça de roupa de qualidade e com estética. As roupas eram feias, sem modelagem, com tecido de uma qualidade questionável e sem nenhum atrativo. Era como andar com um quadrado de tecido em cima do corpo apenas para cobrir o corpo. Após um tempo (mais recentemente, de fato), os ditadores de moda começaram a investir nesse público.

no images were found

Quando começaram a surgir marcas e estilistas dispostos a trabalhar com o gosto e o tamanho dessa mulher que quer se vestir bem e valorizar suas curvas, surgiu o segmento Plus Size. Calças, blusas, saias, vestidos, todos confeccionados para aquela mulher de tamanho “especial”. Mas essa mulher que tanto enfrentou preconceito no mercado de moda também tem direito ao lazer, seja esse um cinema ou uma praia.

A praia ou uma piscina são mal vistas como passeio para uma mulher gordinha. Querendo ou não, mesmo vivendo em um mundo de “mente aberta”, as pessoas ainda tem muito preconceito com as pessoas que são gordinhas, e elas mesmo acabam tendo vergonha de seu corpo. Se você usar um biquine de forma correta não vai passar nenhuma vergonha, então vamos ver algumas dicas de como não pagar nenhum mico na hora do lazer, e como ficar ainda mais linda.

Dicas de Moda Praia Plus Size

A primeira dica deve ser seguida não só nos biquines. Mulheres gordinhas tem bumbum e seios mais avantajados. Não é qualquer pala que sustenta um busto ou o bumbum, portanto, dê preferência aos sutiãs e calcinhas com a pala mais larga. Isso ajuda a sustentar melhor os seios e a barriga.

Nas calcinhas, evite aquelas de lacinho, com drapeados ou excessos de volume no quadril. Geralmente, as gordinhas tem o quadril mais largo e todos esses detalhes não favorecem esse tipo de corpo. Se você quer usar um biquine com amarração no lado mas é gordinha, uma dica é de, ao invés do laço, você dar um nó. Além de não fica o volume do laço bem no seu quadril, as tiras soltinhas vão dar um movimento maior ao seu quadril.

Não é porque você é ou está gordinha que não deve usar estampa. A estampa só deve ser escolhida mais cautelosamente. Estampas chamativas demais devem ser evitadas. Estampas menores são mais delicadas. Listras podem ser usadas, mas dê preferência às verticais e diagonais (corra das horizontais).

Uma dica para usar a estampa sem medo de errar é misturas o liso e o estampado. Coloque a estampa no sutiã do biquine e a estampa presente apenas na pala da calcinha, ou a estampa na calcinha inteira e apenas nas alças e na pala do sutiã. Dessa forma você pode brincar com seu biquine, podendo fazer várias combinações.

Não é porque seu corpo não está em forma como o das modelos da Victoria Secret’s que você vai ficar se escondendo em maiôs. Gordinhas são lindas e tem um corpo curvilíneo que não deve ser escondido, mas mostrado na medida certa. Seu corpo é lindo e você deve apenas aprender a explorá-lo para usá-lo da melhor forma possível. Não se coloque à disposição da ditadura da moda. Respeite seus limites e exponha seus desejos. A moda é ampla e pode atender a todos. A moda é tão ampla que até biquines podem ser usados pela mulher gordinha.

Quem foi que disse que gordinhas não podem usar biquínis? O senso comum bem primário e antiquado dizia que gordinhas deveriam usar maiô para cobrir a barriga, mas pura lenda e grande engano. Dá para vestir coisas bem bacanas e arrasar no seu visual moda praia escolhendo biquíni para gordinhas que valorizem o que seu corpo tem de legal para mostrar.

As gordinhas devem valorizar seus dotes e um deles geralmente é busto farto. Então, qual modelo de biquíni para gordinhas escolher? Uma sugestão são os modelos que não são curtininhas, que estes deixam o estilo um pouco vulgar e oferecem pouca sustentação ao seio. Escolha tomara que caia mais firme e composto e não tem problema se a parte de baixo for com lacinho ou fivelas laterais, mas opte por modelos mais grossos para oferecer maior firmeza ao corpo. Na parte inferior, opte por modelos um pouco mais largos na parte de traz do seu biquíni, que são mais comportados, mas não deixam de serem sensuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>