Conselhos Para Quem Não Gosta De Usar Sutiã

O sutiã é um símbolo feminino desde que o mundo é mundo e foi inventado de mulheres para mulheres. Porém, nem todas elas gostam de usar esta peça íntima tão necessária e que existem para todos os gostos. Os sutiãs podem ser muito bonitinhos na prática, mas incomodam muitas mulheres que preferem andar confortáveis pelas ruas. Para quem está preferindo queimar os sutiãs ao usa-lo, saiba quais as melhores dicas para se manter bem vestida intimamente!

Conselhos Para Quem Não Gosta De Usar Sutiã

Conselhos Para Quem Não Gosta De Usar Sutiã

Liberdade Feminina

Parece que os sutiãs são verdadeiros símbolos para aprisionar as mulheres. Para algumas, é exatamente isso que eles representam. Elas querem mais liberdade e o direito de poder sair de casa sem usar os famosos sutiãs. Porém, é preciso ter alguns cuidados antes de se sentir mais livre de forma mais íntima, pois as vezes é bem perceptível a mulher não estar usando nada por debaixo da sua camiseta. A sua intimidade com certeza vai dar os seus sinais.

Cuidados ao Sair sem Sutiã

Para começar, as mulheres precisam ficar sempre atentas ao clima, já que vento frio e aquele ar condicionado podem fazer com que os mamilos “despertem” ocasionando o famosos farolzinho acesso. Somente o sutiã ou algum suporte que possa esconder os mesmos. Um outro cuidado que se deve ter é com os seios mais avantajados, que podem ser prejudicado por ficarem muito soltos dentro das camisetas. Blusas muito largas acabam deixando o design do busto bastante estranho, e as pessoas acabam percebendo a não utilização da roupa íntima. Além disso, os seios podem ficar mais desconfortáveis quando soltos demais, dando a sensação de que estão mais caídos. Além disso, andar com os seios livres demasiadamente pode ser um tanto quanto dolorosos para aquelas que possuem o busto grande. Uma dica nestes casos é optar por tecidos que seguram mais os seios, deixando o busto mais levantado. Dessa maneira, use tecidos como lycra por exemplo, que servem como um sutiã para sustentar os seios grandes demais. As que possuem o busto menor, não precisam se preocupar com o tipo de tecido para utilizar e sim com o temido farol aceso que todos percebem ao seu redor. Neste caso, opte por roupas mais grossas e não muito transparentes.

A Tal da Camisa Branca

Para as mulheres que querem se libertar de seus sutiãs, uma opção é jogar fora junto com eles todas as suas blusas brancas, já que elas nunca devem ser usadas sem uma roupa íntima por baixo. Se você adorar as suas blusinhas mais claras, opte por uma “underwear” em um tecido mais groso, para levantar o seios e deixa-los mais bonitos. As camisetas brancas costumam ser mais transparentes e é mais um motivo para que as queimadoras de sutiãs não escolham esta opção para ir trabalhar, por exemplo. Neste caso, ir para o trabalho sem sutiã não é boa coisa. Se for necessário coloque um casaquinho por cima para que ninguém perceba a falta da roupa íntima.

Produtos no Mercado

Hoje em dia existem diversas opções para as mulheres que não gostam de usar sutiã. As ligaduras podem ser uma opção para tampar os mamilos e não deixar que eles endureçam com o tempo frio, deixando eles ainda mais aparentes sob as roupas. Outra opção para elas é usar tops, aqueles que você escolhe para malhar ou fazer exercícios físicos. Eles são mais confortáveis do que os sutiãs que possuem alças diversificadas e presilhas que podem incomodar bastante. Os adesivos também são produtos que ajudam demais para que as mulheres tampem os seus seios e não precisem se torturar usando sutiãs. Os mamilos ficam protegidos e as blusas brancas poderão ser usadas mesmo sem casaquinhos. Bojos costurados nas roupas também servem de grande ajuda para elas, até mesmo para quem tem seios grandes demais ou de porte médio. Neste caso, o sutiã pode ser dispensando, já que eles ficaram presos junto a roupa. Existem também aquelas peças íntimas que não incomodam mais. Elas não possuem bojos e muito menos aqueles aparatos que incomodam tanto as mulheres. Eles são mais flexíveis e possuem tecidos mais maleáveis. Dessa forma, podem ser bastante confortáveis e acabam sendo uma das opções mais procuradas por aquelas que não querem deixar os seios presos por sutiãs.

Produtos no Mercado

Produtos no Mercado

Quando Usar e Quando não Usar

Por mais que algumas mulheres odeiem os sutiãs, existem ocasiões que os seios não podem ficar totalmente livres. Confira abaixo quais os cuidados que você tem que ter e quando usar e não usar estas peças íntimas tão detestadas por algumas mulheres.

  • 1. Existem looks que pedem sutiã, ainda mais para as mulheres que possuem mais seios, ou quando eles são flácidos demais. Com roupas muito decotadas, os sutiãs ou as blusas com bojo preso são muito bem vindas para que você não decepcione nas suas vestes.
  • 2. Mulheres com busto pequeno podem dispensar a lingerie desde que a sua roupa não deixe os mesmos em evidência. Para isso, opte por camisas ou camisetas que marquem menos. Dependendo da ocasião, mostrar os seios, mesmo que de uma maneira mais simples, não é nada elegante.

Curiosidades

Você sabia que diversas modelos não usam sutiã durante os desfiles? Elas acabam dispensando a peça por causa do andamento do trabalho, já que trocam de roupa diversas vezes e o sutiã pode ser um fator contra. Neste caso, muitas delas optam pelos adesivos ou simplesmente dispensam a peça íntima e pronto! Para elas tudo é feito em questão de segundos e os sutiãs podem prejudicar o trabalho das belas modelos. Isto é mais uma prova de que as mulheres podem sim deixar os seios livres, desde que tomem bastante cuidado com a roupa que irão colocar, prestando bastante atenção na ocasião em que irão comparecer sem a peça íntima.

Vídeo

Há quem diga que o sutiã faz mal à saúde das mulheres. Será que é verdade? Veja o vídeo logo abaixo e comprove a tese!

https://www.youtube.com/watch?v=8LbalmM2vHA

Escrito por Jéssica Monteiro da Silva

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Lingeries

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *