Semanas da Moda pelo Mundo

Quem gosta e acompanha a moda sabe que existe uma série de desfiles importantes espalhados pelo mundo, são as chamadas “Semanas da Moda”, que são organizadas, em cada país por uma entidade diferente para apresentação dos estilistas locais. O que não quer dizer que em uma semana da moda de um país não possa participar um estilista de um outro. É muito normal que isso aconteça, porém, um ou dois no máximo. Aquele estilista que se apresenta na Semana da Moda do não seu país de origem, não participa do evento do próprio país.

É uma escolha que pode ser influenciada por vários motivos, mas, sem dúvidas, o principal deles é comercial, de imagem. A grife italiana Valentino, por exemplo, há anos, escolheu Paris como palco dos seus desfiles e não participa da semana da moda italiana. Outros estilistas, que possuem mais de uma grife, como é a Prada, que é faz parte do grupo com a marca Miu Miu, se divide, fazendo o desfile da primeira em Milão e o da segunda, em Paris. Essa escolha de onde desfilar causa alguns problemas entre os estilistas que fazem parte de grupos da moda. Em Milão, por exemplo, o estilista, Giorgio Armani se colocou contra a posição de outros italianos que preferem desfilar em outra cidade.

As Semanas da Moda Mais Importantes do Mundo

Muitos países têm as suas semanas da moda, Espanha, Alemanha, Áustria, entre tantos outros, porém, já tem um tempinho, que 4 delas se destacam das demais. Se trata de um circuito que segue um calendário praticamente único, porque termina uma e começa a outra, uma sequência que possibilita que a imprensa e quem acompanha o evento possa passar de uma para outra.

As semanas da moda mais importantes do mundo atualmente são: New York, Londres, Milão e Paris. E elas acontecem seguindo exatamente essa ordem. Nelas, é possível ver os grandes nomes da moda mundial. Os desfiles acontecem duas vezes por ano para cada coleção, feminina e masculina, quando a grife produz ambas, e são mostradas as coleções Primavera Verão e Outono Inverno.

Nessas 4 saem as tendências que se espalham pelo mundo todo, da passarela de Chanel, Balenciaga, Gucci, DKNY, Giorgio Armani, Prada, Dior, entre outras.

A Semana da Moda no Brasil

Infelizmente o Brasil ainda não conseguiu se colocar no cenário mundial como uma referência de moda. Seguimos mais as tendências da Europa, criamos pouco e copiamos muito. Outra coisa que diferencia os eventos de moda realizados no Brasil dos demais países, é que eles acontecem em duas cidades: Rio e São Paulo, respectivamente, SPFW e o Fashion Rio. Seguindo a linha das estações, acontecem duas vezes por ano, as coleções masculinas e femininas são se apresentam separadamente.

A primeira edição dos desfiles do Brasil, que acontece no primeiro trimestre do ano, as grifes levam para a passarela as  coleções de outono e inverno e na segunda edição anual,  as peças são para primavera e verão. Recentemente, as datas dos desfiles foram alteradas, para evitar que fosse visto no Brasil somente aquilo que já tinho sido mostrado na Europa.

O Circuito das 4 Grandes Semanas da Moda

Como falamos anteriormente, o calendário das 4 mais importantes começa em nualmente em New  York. Em seguida é a vez da capital britânica, Londres, mostrar quais serão as tendências nas ruas da capital internacional, depois é a vez de Milão e fecha o calendário, Paris, país de grandes nomes da moda.

As datas dos eventos são mais que próximas, termina uma e começa outra, no caso de Milão e Paris, no último dia da primeira está começando a segunda. Porém, na cidade italiana, o sétimo dia da semana da moda é dedicado somente aos jovens estilistas, os “big” encerram o desfile na segunda-feira.

Semana da Moda em New York

Na sua primeira edição recebeu o nome de Press Week, e foi a primeira a se realizar no mundo.  Os desfiles  aconteceram no ano de 1943. A ideia era levar o conhecimento e o glamour francês para ter os Estados Unidos. O local oficial dos desfiles, onde acontece a grande maioria é no Lincoln Center for the Performing Arts.

Importantes grifes que desfilam em New York: Calvin Klein, Ralph Lauren, Vera Wang, Michael Kors, Marc Jacobs, DKNY, Victoria Beckham, Lacoste, Tommy Hilfiger, Diane Von Furstenberg, Carolina Herrera e Oscar de La Renta. E mais, três brasileiros, são eles:  Carlos Miele, Alexandre Herchcovitch e Rosa Chá (grife dedicada a moda praia).

Semana da Moda de Londres

Londres Fashion Week vem depois de NewYork e é organizada pelo Conselho Britânico de Moda ( BFC), criando em 1984.. Os desfiles são distribuídos pela cidade.

Veja algumas das principais grifes que desfilam em Londres: Mulberry, Paul Smith, Christopher Kane, Burberry Prorsum, Matthew Williamson, Basso & Brooke, Unique, House of Holland, Vivienne Westwood Red Label, Alexander McQueen Memorial, Jaeger London.

Semana da Moda de Milão

Uma das mais esperadas e badalada do circuito, graças a notoriedade que os italianos têm em todo mundo. É organizada pela Camera Nazionale della Moda Italiana (Câmara Nacional de Moda Italiana) e teve início em 1958. Começa imediatamente depois da semana de moda de Londres e também acontece em vários pontos da cidade.

Veja alguns dos principais nomes da semana de moda italiana: Alberta Ferretti, Gucci, Dolce & Gabbana, Fendi, Prada, Versace, Bottega Veneta, Emporio Armani, Emilio Pucci, Salvatore Ferragamo, Roberto Cavalli, Giorgio Armani, Blumarine, Max Mara.

Semana da Moda de Paris

É a semana de moda que encerra a programação das 4 mais importantes do mundo. Também é organizada por um órgão dedicado a moda, a Federação de Moda Francesa, que fica também responsável pela escolha das datas dos desfiles. Os desfiles acontecem no Carrousel deu Louvre e algumas vezes em algumas outras locações.

Veja algumas das principais marcas que desfilam em Paris:Nina Ricci, Balenciaga, Balmain, Dior, Chanel, Pedro Lourenço (brasileiro), Céline, Yves Saint Laurent, Alexander McQueen, Valentino, Elie Saab, Louis Vuitton, Givenchy, Hermès, Jean Paul Gaultier, Comme des Garçons, Miu Miu.

Vale ressaltar que cada uma das semanas da moda, leva para as passarelas as coleções dos seus países e que cada uma delas tem uma característica diferente, assim como o próprio evento, que não é o mesmo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Eventos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *