Sapatos Ortopédicos

Há algum tempo, era muito comum que as mães comprassem sapatos ortopédicos para corrigir a pisada e o pé plano de seus filhos. Esse tipo de calçado é vendido em qualquer loja especializada no ramo, e muitas vezes têm preços mais acessíveis do que outros sapatos de marcas famosas. Por isso, é comum o uso deliberado deste tipo de produto, sem qualquer indicação médica, atitude que não é recomendada pelos ortopedistas.

Botas Ortopédicas

Botas Ortopédicas

Benefícios aos Pés, Trazidos pelos Sapatos Ortopédicos

Os benefícios que um calçado ortopédico pode trazer são inúmeros. Como são feitos sob medida, eles podem se adequar perfeitamente ao tamanho e formato dos seus pés, evitando o aparecimento de calos e bolhas ou qualquer outro incômodo. As lojas que fabricam sapatos em série, não podem oferecer ao cliente esse tipo de conforto, pois utilizam tamanhos pré-estabelecidos por fôrmas, que muitas vezes não se adéquam aos pés de algumas pessoas.

Ortopedista

Ortopedista

Atualmente, o sapato ortopédico já não é mais tão básico como foi antigamente. Existem modelos estilosos, que são confeccionados para o público infantil, adulto e idoso. O primeiro e o último grupo são os que mais utilizam este tipo de calçado. Tais pessoas dão preferência a este calçado, para corrigir imperfeições das solas dos pés e das pisadas, ou para garantir mais conforto e segurança ao caminhar. Nos dois casos, deve-se procurar um ortopedista para saber qual o modelo ideal para o seu tipo de problema.

O médico poderá realizar um exame chamado baropodometria, ou teste da pisada, que nada mais é do que uma análise da pressão exercida pelos pés quando estão em contato com o chão, de forma estática ou durante a caminhada. Através da imagem fornecida pelo exame que identifica áreas mais quentes, onde há mais pressão, (avermelhadas) e mais frias, onde há menos pressão (azuladas) dos pés, o médico é capaz de identificar qual o tipo de problema do paciente, indicando o tipo de calçado e palminha mais adequados para cada situação.

Sapato Ortopédico

Sapato Ortopédico

Quando se trata de crianças, por exemplo, o uso de sapatos ortopédicos pode ser dispensado em alguns casos, já que há possibilidade de cura do pé plano, podendo acontecer sem qualquer interferência, até que ela atinja os seis anos.

Através de outros tipos de exames, o médico será capaz de descobrir também se o problema com a pisada do paciente não está vindo de outras fontes, como as dores nas costas e a má postura. No exame da baropodometria, o especialista poderá dizer se o pé do paciente é normal, plano ou cavo, dependendo da quantidade de pressão exercida em cada ponto do pé.

É essencial que se tome o devido cuidado com sapatos da moda. No caso das crianças, por exemplo, o uso de sapatos inadequados pode causar problemas no desenvolvimento do formato dos pés e deixá-los tortos. Pode ocasionar também erros de pisada.

2 comentários

  1. gostaria de saber se fica muito caro para confeccionar um sapato ortopédico modelo igual ao da foto preto com vermelho ou outra cor, porque precido compensar pé direito 2,5cm. aguardo uma resposta até mesmo um valor que possa custar o sapato. obrigado

  2. Olá! Meu nome é Letícia Farias tenho 16 anos. Estou postando este comentário porque estou precisando de ajuda, sou madrinha de um menino de 4 meses e a mae do meu afilhado perdeu os pais quando ela tinha 10 anos, hoje ela mora de favor na casa da mãe do pai do filho dela e o meu afilhado nasceu com defeito no pé esquerdo e ela precisa muito dessa bota e não tem condições de compra-la, pois ela não trabalha. E eu como madrinha estou pedindo uma doação para que meu afilhado não cresça com o pezinho torto e a cirurgia dele é amanha 26.06.2013 se poder me ajude a ajudar ao meu afilhado. Eu moro em Salvador BA se puder entre em contato comigo 02171 8305-7079 e-mail [email protected]
    Obrigado e que Deus te abençoe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>